Insumos da vacina chegam em 3 de fevereiro

Por Metro

A matéria-prima para a produção local da CoronaVac deve desembarcar em solo brasileiro no dia 3 de fevereiro. A previsão é do presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, que se reuniu de forma virtual ontem com o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming. A liberação do IFA (ingrediente farmacêutico ativo) está atrasada desde 6 de janeiro, o que deve interferir na campanha nacional de imunização.

Serão enviados 5,4 mil litros do principal produto para fabricação do imunizante ao Insituto Butantan, em São Paulo. “Nós tivemos essa sinalização de que a liberação do lote será feita de uma maneira muito rápida, começando por esses 5,4 mil litros que foram anunciados ontem (segunda-feira)”, disse Covas. Os insumos vão ser utilizados para a fabricação de mais 8,6 milhões de doses da CoronaVac em até 20 dias após a chegada do carregamento, prevê o governo de São Paulo.

Outros 5,6 mil litros de IFA estão em processo acelerado de liberação do governo chinês. A expectativa do Instituto Butantan é receber matéria-prima para produzir 40 milhões de doses da vacina até abril.  

Loading...
Revisa el siguiente artículo