logo
/ Reprodução / iHeart Radio / Reprodução / iHeart Radio
Foco 20/10/2020

Para ouvir no Spotify: os 7 álbuns essenciais do heavy metal

O heavy metal surgiu no final dos anos 60, na Inglaterra. Bandas como Led Zeppelin, Black Sabbath e Deep Purple, com suas guitarras rápidas e distorcidas, frequentemente são apontadas como pioneiras do gênero.

Preparamos uma lista com 7 álbuns essenciais do metal pesado para você ouvir no Spotify. Vamos ver quais são?

Black Sabbath, ‘Paranoid’ (1970)

A banda que lançou Ozzy Osbourne ao mega estrelato foi uma das pioneiras do heavy metal. E ‘Paranoid, seu segundo álbum, parece até uma coletânea das melhores músicas do metal pesado: ‘War Pigs’, ‘Iron Man’ e a faixa-título, ‘Paranoid’ foram todas lançadas aqui. Um clássico absoluto.

Judas Priest, ‘British Steel’ (1980)

‘Breaking the law’, faixa de abertura de ‘British Steel’, sexto álbum do Judas Priest, furou a bolha do heavy metal e se tornou um dos maiores hits de 1980. Seu poderoso riff de guitarra foi o anúncio de uma década gloriosa para o heavy metal.

Iron Maiden, ‘The number of the beast’ (1982)

O primeiro álbum do Iron Maiden com Bruce Dickinson nos vocais se tornou o manual de como fazer heavy metal. Suas faixas possuem todos os elementos associados ao gênero: letras demoníacas, linhas de baixo galopantes, vocais operáticos e solos de guitarra super rápidos que usam e abusam da técnica do tapping, em que se martela a escala da guitarra com os dedos.

Metallica, ‘Master of puppets’ (1986)

O último álbum do Metallica com Cliff Burton no baixo (ele morreria pouco tempo depois do lançamento do álbum, em um acidente de ônibus) consolidou o trash metal, um subgênero mais extremo e menos melódico do heavy metal. Mas nem tudo é peso: a introdução de ‘Battery’, por exemplo, com seus violões em harmonia, parece música flamenca espanhola.

 

Slayer, ‘Reign in Blood’ (1986)
Uma das maiores bandas do heavy metal tem um pézinho na América do Sul: Tom Araya, baixista e vocalista do Slayer, nasceu em Viña del Mar, no Chile, cidade onde faz questão de se apresentar, sempre que possível. O álbum ‘Reign in Blood’, lançado em 1986, é considerado a obra-prima da banda.

Angra, ‘Angels Cry’ (1993)
O álbum de estreia da banda de power metal paulista liderada pelo vocalista André Mattos se tornou um objeto de culto entre metaleiros até no Japão, onde o Angra possui uma sólida base de fãs. Além de ‘Carry on’ e ‘Time’, ‘Angels Cry’ trazia uma inesperada versão de ‘Wuthering Heights’, da cantora inglesa Kate Bush, cantada com maestria por Mattos.

Sepultura, ‘Roots’ (1996)
O último álbum da banda mineira com Max Cavalera, vocalista e principal compositor do grupo, introduzia elementos de música tribal brasileira no universo do heavy metal. ‘Ratamahatta’, em parceria com o percussionista Carlinhos Brown, é um dos pontos altos do álbum, que foi pensado como um reencontro dos músicos – que cantavam em inglês – com as suas raízes. O rosto do índio que estampa a sua capa foi tirado da antiga nota de mil cruzeiros.