Coronavírus: 28% não praticam o isolamento social, diz Datafolha

Por Metro World News

Uma pesquisa do Instituto Datafolha divulgada nesta terça-feira (7) pelo jornal “Folha de S.Paulo” mostra que quase um terço dos brasileiros não cumprem o isolamento social como medida de prevenção à pandemia de covid-19.

Foram entrevistados 1.511 brasileiros, por telefone, entre os dias 1º e 3 de abril. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Para 4% dos entrevistados, a rotina não teve mudanças – ou seja, não houve nenhuma mudança de rotina pensando em evitar o contágio pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). Outros 24% afirmaram que estão saindo de casa para trabalhar ou outras atividades – não foi informado se os entrevistados desempenham atividades essenciais, como de saúde, segurança e abastecimento.

Veja também:
Grupo de risco, diabéticos devem reforçar cuidados para previnir a covid-19
Falta de botijões de gás e preços abusivos seguem em São Paulo

Menos pessoas seguem a orientação de isolamento social entre as faixas de renda de 2 a 5 salários mínimos (35% somando comportamento normal e saída para trabalho e outras atividades) e entre 5 a 10 salários mínimos (30% somados os dois quesitos).

Entre os que buscam se isolar mais, 54% só saem quando é “inevitável” – como para fazer compras no mercado – e outros 18% estão totalmente isolados, sem sair de casa.

No levantamento, 17% disseram que tem grandes chances de ser infectado pelo vírus, 29% consideraram essa possibilidade média e 35% pequena. 16% afirmaram não ter chance de ser diagnosticado com covid-19 e 2% não sabiam. Confira os dados da pesquisa:

Como está sendo a sua rotina?
• Normal, sem mudanças: 4%
• Saindo de casa para trabalhar ou outras atividades: 24%
• Saindo de casa só quando é inevitável: 54%
• Totalmente isolado, sem sair de casa: 18%

Como está sendo a sua rotina – dividido por faixa de renda:

Até 2 salários mínimos
• Normal, sem mudanças: 3%
• Saindo de casa para trabalhar ou outras atividades: 21%
• Saindo de casa só quando é inevitável: 55%
• Totalmente isolado, sem sair de casa: 21%

Mais de 2 a 5 salários mínimos
• Normal, sem mudanças: 5%
• Saindo de casa para trabalhar ou outras atividades: 30%
• Saindo de casa só quando é inevitável: 52%
• Totalmente isolado, sem sair de casa: 14%

Mais de 5 a 10 salários mínimos
• Normal, sem mudanças: 5%
• Saindo de casa para trabalhar ou outras atividades: 25%
• Saindo de casa só quando é inevitável: 56%
• Totalmente isolado, sem sair de casa: 14%

Mais de 10 salários mínimos
• Normal, sem mudanças: 2%
• Saindo de casa para trabalhar ou outras atividades: 23%
• Saindo de casa só quando é inevitável: 56%
• Totalmente isolado, sem sair de casa: 19%

Grau de preocupação dos brasileiros com a pandemia
• Mais preocupados do que deveriam: 19%
• Menos preocupados do que deveriam: 46%
• Preocupados na medida certa: 33%
• Não sabe: 2%

Medo de ser infectado pelo coronavírus
• Muito medo: 38%
• Um pouco de medo: 39%
• Não tem medo: 23%

Qual a sua chance de passar o vírus para outra pessoa?
• Grande: 25%
• Média: 19%
• Pequena: 28%
• Não tem chance: 26%
• Não sabe: 2%

Qual a sua chance de ser infectado?
• Grande: 17%
• Média: 29%
• Pequena: 35%
• Não tem chance: 16%
• Não sabe: 2%

Qual a chance de alguém na sua casa ser infectado?
• Grande: 21%
• Média: 23%
• Pequena: 28%
• Não tem chance: 22%
• Mora sozinho: 4%
• Não sabe: 2%

Quantas mortes haverá no Brasil?
• Muitas mortes – 52%
• Poucas mortes – 41%
• Não sabe – 6%

Loading...
Revisa el siguiente artículo