Chuva em São Paulo já passa da metade do previsto no mês

Por Metro World News

As chuvas não deram trégua nesta quinta-feira e voltaram a atingir a capital, deixando a cidade toda em estado de atenção para alagamentos e fazendo transbordar o córrego Tremembé (zona norte de SP). Um total de 21 pontos ficaram intransitáveis.

O CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências) informou que, até as 19h de quinta-feira (9), a capital já tinha registrado 144,4 mm de chuva no mês, 55,9% da média esperada para janeiro.

E a previsão é que o clima continue assim: segundo o CGE, hoje e amanhã os dias serão quentes, com pancadas de chuvas com potencial para alagamentos no final das tardes e nas noites.

Veja também:
Metrô conclui ampliação de túnel que liga as estações Consolação e Paulista
Caminhão cai em morro e fica quase levantado na rodovia Régis Bittencourt

Rescaldo pesado

As chuvas de anteontem deixaram marcas na cidade. Uma galeria pluvial se rompeu na quarta-feira na rua Carlos Comenale, na Bela Vista (centro de SP). Um carro caiu parcialmente no buraco formado e ficou embicado no local  até ontem. O motorista conseguiu se salvar. A Subprefeitura da Sé informou que o reparo no buraco tem previsão de terminar hoje.

Já na zona leste, houve deslizamento de terra na Vila Carmosina que provocou uma cratera de oito metros em uma área onde havia um estacionamento. Um carro foi tragado para o buraco e outro ficou no precipício, sendo retirado à tarde.

Um condomínio de casas vizinho precisou ser esvaziado. No total, a Defesa Civil interditou 30 imóveis, sendo quatro casas, um estacionamento, uma fábrica e esse condomínio, com 24 casas.

Loading...
Revisa el siguiente artículo