Ação policial no RJ termina com morte do comediante 'Bunitinho'

Por Metro World News com Agência Brasil

Uma operação policial do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar (PM) deixou quatro mortos na manhã de hoje (5) no Morro do Dendê, na Ilha do Governador, zona norte da cidade do Rio de Janeiro.

Segundo informações da PM, o Setor de Inteligência da corporação recebeu a informação de que haveria uma reunião de líderes de organizações criminosas de várias comunidades.

O Bope foi, então, acionado para verificar a informação e efetuar as prisões. Segundo informações da PM, ao chegar à favela, os policiais confrontaram criminosos.

Depois do tiroteio, os policiais encontraram um veículo acidentado, com três ocupantes feridos, além de um motociclista também ferido. Os quatro foram encaminhados para o Hospital da Ilha do Governador, mas morreram em seguida.

Um dos mortos foi o comediante Diego Buiu, conhecido pelo apelido "Bunitinho". Seus vídeos faziam sucesso nas redes sociais, e Diego acumulava mais de 400 mil seguidores no Instagram. Era no WhatsApp, no entanto, que rodavam a maioria de suas gravações.

Bunitinho também fazia apresentações em eventos, nos quais chegava a cobrar até R$ 2 mil. Ele viu seu sucesso crescer após ser mencionado por artistas como Belo e Nego do Borel, e também o jogador Rodinei, do Flamengo. Diego também era torcedor rubro-negro.

A PM não divulgou detalhes sobre as circunstâncias em que as pessoas foram feridas, mas informou que abrirá um inquérito policial militar e que o caso foi registrado na Delegacia de Homicídios da Capital.

Loading...
Revisa el siguiente artículo