Foco

Suspeito que tentou estuprar brasileira na Tailândia é preso

O suspeito de estuprar a brasileira Bruna Fornasier, na Tailândia, foi preso pela polícia local nesta quarta-feira. Ele foi localizado em uma ilha próxima a cidade onde o crime aconteceu.

A jovem, que estava hospedada no hostel Slumber Party, localizado na província de Krabi, sul do Tailândia, acordou no meio da noite com outro hóspede em cima dela, usando a mão para penetrá-la.

A preocupação da atriz agora é outra: o hostel ameaça processá-la por danos e difamação. A possibilidade deixa a brasileira apreensiva. «Quem sofreu fui eu e eu nunca imaginei que eles pudessem abrir um processo contra mim», disse à BandNews FM.

Suspeito estava bêbado
À polícia da Tailândia, o suspeito confessou que tinha bebido e que se lembra apenas de ter colocado a mão nas pernas da atriz. «O indiano disse que estava bêbado, que sentou na beirada da minha cama e tocou a minha perna. Ele não admitiu o estupro, mas ao dizer que estava bêbado ele assumiu e fez com que os policiais acreditassem um pouco mais em mim», contou Bruna.

O indiano passou a terça para quarta-feira na cadeia, onde permanecerá pelo menos por mais uma noite no local. Caso pague uma fiança equivalente a US$ 6 mil (R$ 19,5mil), o suspeito poderá responder em liberdade. Se não conseguir, ele terá de passar mais de um mês na delegacia e não poderá deixar a Tailândia até que o processo seja encerrado.

Nesta quinta-feira, Bruna participará de uma reunião com representantes do hostel, que pressiona a brasileira a abafar o caso – o que não está nos planos da atriz. Até o momento, ela é atendida por um advogado de Bangkok, capital do país, acionado por meio do seguro-viagem.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos