Foco

‘Ghost bike’ é instalada em homenagem à modelo morta em ciclovia de SP

Uma ghost bike foi instalada no cruzamento entre a Avenida Brigadeiro Faria Lima e a Rua Chopin Tavares de lima, em Pinheiros, zona oeste de São Paulo, onde a modelo gaúcha Mariana Livinalli Rodriguez, 25 anos, foi atropelada e morta por um ônibus na semana passada. A homenagem é uma bicicleta branca que marca o local onde aconteceu a morte. É a primeira vez que o símbolo foi instalado após alguém morrer em uma ciclovia.

A ghost bike foi colocada na terça-feira por cicloativistas, que se reuniram pelo Facebook.

No chão, o nome da modelo foi escrito ao lado de corações.

Mariana teve morte cerebral, após ser atropelada por um ônibus quando andava de bicicleta na ciclovia. Segundo o motorista, o semáforo estava verde para ele na hora do atropelamento.

Após o acidente, o motorista do ônibus, 63 anos, chegou a prestar socorro à vítima, de acordo com a Rádio BandNews FM.

O caso foi registrado como lesão corporal culposa. A Polícia aguarda o laudo que confirmará se Mariana atravessou a rua no sinal vermelho.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos