Estilo de Vida

Relacionamento: 6 comportamentos tóxicos para prestar atenção nas festas de fim de ano

Apesar do clima de celebração, contatos tóxicos nunca descansam.

rep

As festas de fim de ano sempre remetem a alegria, recomeços, vida nova e projetos renovados. Quando se está do lado de quem você ama, os sonhos conjuntos podem se intensificar ainda mais. No entanto, nem todos os pares e famílias contam com a mesma visão.

Parentes tóxicos costumam apresentar tais comportamentos em diversas reuniões massivas. Apesar de inicialmente ser difícil de notar, as atitudes são gradativas e ficam cada vez mais visíveis. Com as festas de descanso se aproximando, tais pessoas enxergam como um prato cheio para humilhar, desprezar e manifestar suas inseguranças com atitudes abusivas em relação ao outro.

Sendo assim, é importante estar de olhos bem abertos para não comprometer a comemoração do lado das pessoas que verdadeiramente te amam. Mais importante ainda, não comprometer sua felicidade para um próximo ano que deveria ser de luz, paz e amor dando ouvidos a tais tipos de comentários.

Leia mais:

6 comportamentos tóxicos para prestar atenção nas festas de fim de ano

“Quando observamos as reuniões de férias com a família, amigos ou colegas de trabalho, esta mistura de personalidades combinada com espírito natalício e libações de fluxo livre pode produzir comportamento tóxico”, explica a professora de psicologia Dale Hartley, ao Psychology Today.

“Quando você é submetido a um comportamento manipulador, o confronto geralmente é a pior resposta possível”, completa a especialista.

Extraído da mesma fonte, abaixo você confere alguns comportamentos problemáticos durante as festividades.

  1. Gaslighting: Um tipo de engano que visa fazer com que alguém questione sua realidade e duvide de seu julgamento.
  2. Elogios indiretos: parecem positivos, mas contêm um insulto ou crítica sutil.
  3. Pressionando botões: tentar deliberadamente provocar uma reação em você com alguma fala proposital.
  4. Limite cego: fazer perguntas intrusivas, invadir o espaço pessoal, etc.
  5. Tratamento de silêncio: eles se retiram intencionalmente e se recusam a se envolver com você.
  6. Triangulação: recrutam um terceiro como alavanca numa disputa; atitude comum entre irmãos.
Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos