Estilo de Vida

Não confunda com outras doenças! Esses são os principais sintomas de gripe

Sintomas aumentam em temperaturas mais baixas. Veja como ocorre o tratamento

Mulher gripada

O inverno começa no início da próxima semana, mas ele já está dando um spoiler do que vem por aí há cerca de um mês. Com as temperaturas mais baixas, o número de doenças respiratórias tendem a aumentar, afetando principalmente a população de risco, onde estão as crianças, idosos e gestantes.

Nesse período, uma das condições mais comuns é a gripe, muitas vezes confundida com um resfriado, mas é preciso entender a diferença entre elas. A gripe é, de certa forma, mais grave, pois é altamente contagiosa e possui sintomas mais graves. Vacinas contra gripe, e também contra o coronavírus, ajudam a prevenir a infecção.

LEIA TAMBÉM: 3 maneiras simples e caseiras para se recuperar de um caso de desidratação rapidamente

Sintomas

Para você se prevenir da maneira correta, é preciso entender quais são os principais sintomas da gripe. Existem casos diferentes, com sinais mais fracos ou mais fortes, principalmente em relação à idade, sistema imunológico e outras condições crônicas. Para algumas pessoas, ela pode aparecer como um simples resfriado, por exemplo, já outras podem acabar sendo afetadas por uma pneumonia. Os sinais mais visíveis, segundo o site Meganotícias (em espanhol) são:

  • Febre alta (igual ou maior a 38,5 graus);
  • Tosse;
  • Dor de cabeça;
  • Dor de garganta ou faringe, que se intensifica ao engolir;
  • Dor muscular;
  • Falta de ar;
  • Calafrios ou sudorese;
  • Ardência e dor nos olhos;
  • Algumas pessoas podem ter vômitos e diarreia, embora isso seja mais comum em crianças do que em adultos.

Tratamento

O tratamento vai depender do diagnóstico do médico, contudo, o mais indicado em caso de gripe é o uso de antivirais. O descanso e o consumo de líquidos também é recomendado. Caso seja notado febre muito alta, dificuldade para respirar e coloração azulada nos lábios, a ida ao pronto-socorro é indispensável.

ATENÇÃO!

Este texto é apenas informativo e não tem como objetivo dar o diagnóstico da condição citada. Em caso de suspeita ou dúvidas, procure um médico e em hipótese alguma faça o uso de medicamentos sem a prescrição de um especialista da área da saúde.

⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅ ⋅

LEIA MAIS:

Postos de São Paulo vacinam contra covid-19, gripe, sarampo e poliomelite

Sono e demência: o que os cientistas sabem sobre a relação entre os dois?

Ferida simples na língua pode ser o primeiro sinal de câncer. Veja outros sintomas no texto

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos