Estilo de Vida

Qual o tempo máximo que um pedaço de pizza pode ficar na geladeira?

Você tem o costume de deixar as sobras de pizza para comer depois? Esse é o limite de tempo permitido para que não haja problemas para a saúde

Pizza

Você é do tipo de pessoa que, nas noites em que está com preguiça de cozinhar, acaba pedindo pizza? Ou ainda chamou alguns amigos para casa e pedir pizza foi a escolha mais rápida e mais agradável para todo mundo? De qualquer forma, nessas duas ocasiões, as chances de ter sobrado alguns pedaços de pizza são grandes.

E o que fazer com os pedaços que sobraram? A escolha mais lógica é guardá-los pois com certeza será uma ótima surpresa abrir a geladeira para aquele lanche da madrugada e se deparar com algo tão gostoso te esperando. Mas, com todos os alimentos que compõe a pizza, qual o limite máximo de tempo que ela pode ficar na geladeira sem que haja uma intoxicação alimentar ao consumi-la?

LEIA TAMBÉM: O que acontece se você não limpar o microondas?

Isso vai depender do sabor da pizza escolhido. Contudo, segundo o Food Safety and Inspection Service ou Serviço de Inspeção e Segurança Alimentar (USDA) do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, a pizza pode ser mantida na geladeira sem riscos para consumo até quatro dias. De qualquer forma, o ideal é inspecionar o pedaço antes, verificando se existe alguma mudança suspeita de cheiro ou cor.

A dica mais importante é que a pizza não fique por muito tempo em temperatura ambiente antes de ir para a geladeira pois isso evita a possibilidade de contaminação por bactérias. Além disso, o órgão de inspeção alimentar sugere que os pedaços sejam conservados em recipientes ou potes limpos e não na própria embalagem onde o alimento chegou até a sua casa.

LEIA MAIS:

Deficiência de vitamina D: estas são as causas e os sintomas do problema

Esta é a frequência com que você deve descartar seus potes de plástico

Dor de cabeça: 3 vitaminas e suplementos para combater a enxaqueca

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos