logo

Por unanimidade, o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) negou nesta quarta-feira (19) o pedido do Palmeiras de anular a final do Campeonato Paulista deste ano, que foi vencido pelo Corinthians.

Os auditores entenderam que o clube não conseguiu apresentar provas que sustentassem o argumento de interferência externa na partida.

No tribunal, o placar foi de 7 a 0.

O departamento jurídico do Palmeiras ainda não se pronunciou depois da decisão, mas a tendência é que o Verdão recorra ao Tribunal Arbitral do Esporte, na Suíça.