Entretenimento

Shows de Bruno Mars no Rio de Janeiro são barrados pela prefeitura

Eduardo Paes revela que a prefeitura do Rio não deu autorização para as apresentações serem realizadas na semana das eleições.

Shows de Bruno Mars no Rio de Janeiro são barrados pela prefeitura.
Shows de Bruno Mars no Rio de Janeiro são barrados pela prefeitura. (Reprodução / Instagram)

ANÚNCIO

Após afirmar que pretende trazer mais apresentações internacionais para o Rio de Janeiro, o prefeito Eduardo Paes alegou por meio de suas redes sociais que os shows de Bruno Mars, programados para acontecer no Rio de Janeiro nos dias 4 e 5 de outubro, não serão autorizados pela prefeitura.

ANÚNCIO

Conforme sua declaração, que foi compartilhada pelo O Globo, o motivo que impedirá a realização das apresentações é a realização do primeiro turno das eleições municipais deste ano, que acontecem no dia 6 de outubro, dia seguinte às apresentações de Bruno.

Em sua publicação, Paes afirmou: “O processo eleitoral exige uma mobilização muito grande de servidores para acontecer. Isso se dá principalmente em relação às forças policiais e à Guarda Municipal. Imaginar que vai se fazer qualquer grande evento no Rio de Janeiro (diria até que no Brasil) às vésperas das eleições é absurdo pela necessidade de mobilização de uma grande quantidade desses mesmos agentes públicos”.

A produção foi avisada

Ainda segundo as revelações feitas pelo prefeito Eduardo Paes, a produção responsável pelos shows de Bruno Mars no país foi informada sobre a impossibilidade de realizar a apresentação na data em questão, mas ainda assim seguiram com o anúncio e com a venda dos ingressos.

A abertura da data extra, após todos os ingressos esgotarem, também não foi aprovada pela prefeitura que, inclusive, nem mesmo mencionou esta questão em seu pronunciamento. O segundo show seria exatamente na véspera das eleições.

Segundo Paes, a autorização para a realização do show não será dada pela prefeitura, que aproveitou as redes sociais para reforçar sua postura: “Se os avisos dados não foram suficientes, que essa publicação sirva para não se imaginar que vai se criar uma situação irreversível. Fora desse período, será uma honra receber o artista Bruno Mars na cidade do Rio”.

Recentemente, o prefeito realizou uma nova publicação orientando a população a não comprar os ingressos para a nova data de show divulgada pela produtora. Ele ainda criticou a postura da Live Nation de forma aberta em suas redes sociais. “É incrível a irresponsabilidade! Vou acionar a polícia e os órgãos de defesa do consumidor. Estão vendendo o que não podem entregar. Nesses dias não acontecerá o show no Rio de Janeiro. E mesmo assim insistem em vender. Queremos muito a presença do Bruno Mars aqui. Só precisam respeitar as regras da cidade”.

ANÚNCIO

Em resposta, a Live Nation se pronunciou nas redes sociais e afirmou que a pré-venda e a venda geral dos ingressos para a apresentação extra no Rio de Janeiro foi adiada. No entanto, mudanças na data de realização das apresentações ainda não foram divulgadas.

Leia também: Bruno Mars no Brasil: Novas datas são anunciadas após ingressos esgotarem em minutos

ANÚNCIO

Recomendado:

Tags


Últimas Notícias