Entretenimento

Gays assumidos: Esses atores vivem história de amor em novela da Globo

Amor Perfeito não vai deixar de falar de diversidade sexual, mesmo sendo de época

Domingos Alcântara e Carmo Dalla Vecchia vivem casal gay em Amor Perfeito

Diferente das outras novelas de época, Amor Perfeito resolveu ser inclusiva e trazer a tona assuntos atuais, como o amor entre pessoas do mesmo sexo, para mostrar à sociedade que o tema já era discutido antes mesmo de 2023. Para isso, a emissora escalou dois atores assumidamente gays para viver o par romântico.

Na produção, a história de Érico, personagem interpretado por Carmo Dalla Vecchia, não vai levar aos fãs da novela da Globo apenas assuntos envolvendo os direitos LGBTQIA+, mas na trama inédita, o advogado também pode chegar no último capítulo com um romance.

Amor Perfeito: Carmo Dalla Vecchia vive advogado gay em novela de época da Globo

Segundo o roteiro, o ator Domingos Alcântara será responsável por isso. Dando vida a Romeu Teles, um músico da companhia do cantor Francisco Alves, papel de Jarbas Homem de Mello, ele se tornará o grande amor de Carmo na produção, que pretende levar uma história de época fora dos cliches dos antigos folhetins.

A estreia de Domingos, que é pai de Miranda, fruto de um relacionamento com Evelyn Branco, e casado há 11 anos com o editor de TV e cinema Alexandre Saggese, aconteceu neste sábado (08), e para ele a história se faz necessária: “Reencontrar um amor aos 50 anos é uma história bonita e inspiradora”, disse o famoso.

Vale destacar que em Amor Perfeito, Érico ainda não assumiu que é gay e está flertando com Verônica, personagem interpretada por Ana Cecília Costa, que teve um romance com Romeu no passado. Com esse enrosco, o público pode esperar muita confusão e emoção.

LEIA TAMBÉM: ‘Quinze vezes menos’: Bomba dita por Manoel Soares pode piorar tudo na Globo

Além disso, como a novela é uma produção de época, o personagem de Carmo Dalla Vecchia vai demorar um pouco para viver o romance com o novo integrante da trama, afinal, ele tem receio do preconceito e prefere se esconder atrás de um relacionamento heterossexual. Porém, acaba sendo descoberto e é chantageado pela vilã Gilda (Mariana Ximenes).

Carmo Dalla Vecchia levanta debate sobre homofobia em Amor Perfeito

Com passagem por outras produções, o ator cearense, que tem 52 anos, celebra a parceria para compor a história: “Foi um grande encontro. O Carmo é amigo, talentoso, generoso e muito gato!”, afirma o ator, que também lembrou que trabalha com atuação há um bom tempo.

“A atuação sempre foi minha primeira profissão. Mas também sou figurinista e estou no audiovisual há mais de 20 anos”, conta Domingos, que desde criança sempre gostou de atuar e encarou com satisfação o convite para Amor Perfeito.

LEIA TAMBÉM: Páscoa: “A Paixão de Cristo” e outros 4 filmes para entender a Semana Santa

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos