Entretenimento

“Perigoso”, diz Keanu Reeves sobre violência no Brasil

Ator reconheceu, porém, que os brasileiros são receptivos

Keanu Reeves

O ator Keanu Reeves, queridinho de Hollywood e dos brasileiros, amanheceu nesta quarta-feira (15) bem próximo ao cancelamento. Isso porque ele deu uma declaração polêmica sobre o Brasil - e acabou tocando na ferida de alguns internautas.

Em entrevista ao programa “The Noite com Danilo Gentili” na última terça-feira (14), o eterno Neo foi questionado como seria se seu personagem na franquia “John Wick” viesse ao Brasil para combater criminosos.

“Vir para o Brasil? Deve ser muito perigoso até para John Wick”, declarou. Porém, logo emendou: “Acho melhor ele vir para conhecer algumas pessoas e festejar”, disse, reconhecendo a fama de povo hospitaleiro.

Recomendados

Na internet, muita gente se sentiu ofendida pela declaração.

Contudo, alguns fãs defenderam o ator e até chegaram a concordar com ele.

Outros momentos

Ainda na entrevista, Keanu falou sobre os bastidores de “John Wick 4: Baba Yaga”, filme que estreia no dia 23 de março e ele veio ao país para promovê-lo.

A Danilo, o ator revelou que não usa dublê para o personagem, fazendo quase todas as cenas de ação da franquia ele mesmo.

“Não gosto de dizer que uso dublês. Sempre digo que faço as cenas de ação. E faço o máximo que consigo. Mas quando o John Wick é atropelado por um carro, este não sou eu. Ele é um senhor chamado Jackson Spidell. Ele que é atropelado pelo carro... quando você assiste, eu faço cerca 90% das cenas”, afirmou.

O apresentador do SBT chegou a questioná-lo sobre as semelhanças que John Wick e Neo, de “Matrix”, poderiam ter. “Os dois querem ter o controle da própria vida. Acho que os dois lutam para serem exemplos e para que os deixem ser livres”, disse Keanu.

Assista à entrevista completa:

Leia também: Mais Você: “Muito feliz”, diz Larissa sobre aprovação de Bianca Andrade para relacionamento com Fred

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos