Entretenimento

Após polêmica, Príncipe Andrew perde seus títulos militares

O monarca britânico responde a um processo de abuso sexual, movido por Virginia Giuffre

Nesta quinta-feira (13), o príncipe Andrew, filho da rainha Elizabeth II, perdeu os títulos militares e patrocínios reais, após a justiça americana decidir proseguir com o processo contra o monarca por abuso sexual.

“Com a aprovação e o acordo da rainha, os patrocínios militares e reais do duque de York foram devolvidos à rainha”, disse o comunicado enviado pelo Palácio de Buckingham.

Ainda, de acordo com o anúncio, o príncipe Andrew seguirá com sua defesa no Tribunal Federal de Nova York. “O duque de York continuará a não assumir nenhuma função pública e está defendendo o caso como cidadão privado”.

Entenda o caso

Virginia Giuffre acusa o príncipe Andrew, terceiro filho da rainha Elizabeth II,  de forçá-la a fazer sexo com ele três vezes, entre 1999 e 2002.

“Hoje meu advogado entrou com uma ação contra o príncipe Andrew por abuso sexual sob a Lei das Vítimas de Crianças. Conforme o processo apresenta em detalhes, fui traficada para ele e abusada sexualmente por ele”, disse ela à People.

LEIA TAMBÉM:

Durante a entrevista, ela afirmou que a decisão de processar o príncipe não foi leviana. “Estou responsabilizando o Príncipe Andrew pelo que ele fez comigo. Os poderosos e os ricos não estão isentos de serem responsabilizados por suas ações. Espero que outras vítimas vejam que é possível não viver em silêncio e medo, mas para recuperar a própria vida falando e exigindo justiça. Não tomei essa decisão levianamente. Como mãe e esposa, minha família vem em primeiro lugar e sei que essa ação me sujeitará a mais ataques do príncipe Andrew e seus substitutos, mas eu sabia que se eu não prosseguisse com essa ação, eu estaria decepcionando as vítimas em todos os lugares”.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos