Social

Duas gêmeas idênticas casaram com dois gêmeos e agora suas filhas são geneticamente irmãs

Elas são ‘irmãs quaternárias’ pois compartilham um DNA muito semelhante

Las familias Sealby
A família Sealby Las familias Sealby en una reciente aparición en The Today Show, el matinal de NBC, junto a las conductoras Hoda Kotb y Savannah Guthrie. (kerissadarpino)

ANÚNCIO

Os casamentos de irmãs com outros irmãos não são necessariamente tão incomuns. Mas é muito peculiar que duas gêmeas idênticas se casem com outros dois gêmeos que por sua vez também são idênticos. Isso aconteceu em Oregon e as consequências são inesperadas, de acordo com uma reportagem da People.

ANÚNCIO

As irmãs Kerissa e Vanessa D'Arpino fizeram tudo em duplicidade: universidade, atletismo e até mesmo foram contratadas pela mesma empresa já adultas. E isso se estendeu para suas vidas românticas, quando conheceram os gêmeos Jacob e Lucas Sealby.

Assim nasceu a relação entre as gêmeas e os gêmeos

O primeiro encontro foi há quatro anos, na casa de Jacob e Lucas. Foi um encontro às cegas ideia de um cliente de Vanessa, quando ela trabalhava como personal trainer. “Fomos jogar boliche, percebemos que tínhamos muitas coisas em comum e acabamos conversando a noite toda”, contou Vanessa à People.

Kerissa e Jacob demoraram um pouco mais e se casaram em junho de 2023.

"Os rapazes têm personalidades muito diferentes e parecem diferentes para nós", confessou Kerissa.

Onde vivem os Sealbys?

Conheceram-se na pequena cidade de Medford, no sul do Oregon, e atualmente ambas famílias vivem no estado, uma ao lado da outra e, como têm gostos idênticos, fazem a maioria das coisas juntas, como um quarteto. Ou na verdade, um sexteto, pois já tiveram filhas.

Karissa e Jacob se tornaram pais de Sofia em 2022 e depois Vanessa e Lucas tiveram Adrian em outubro de 2023.

ANÚNCIO

E embora tecnicamente ambas as meninas sejam primas, na verdade são ‘irmãs quaternárias’ pois compartilham um DNA muito semelhante.

O Dr. John Pappas, diretor de genética na clínica pediátrica do Hospital Infantil Hassenfeld em Langone Health, o centro médico da NYU, disse ao Today.com que "eles compartilham o DNA da mesma forma que os irmãos compartilham o DNA".

Robert Green, geneticista do Hospital Brigham and Women's em Boston, compartilha opinião semelhante: "Embora tenham pais diferentes, são geneticamente irmãs".

Mas os pais destacam as personalidades diferentes de cada uma das meninas: "Adrian é mais intensa enquanto Sofia é mais calma, disse Kerissa à People."

Ambas famílias já estão planejando seus segundos filhos... e querem que nasçam nas mesmas datas.

ANÚNCIO

Recomendado:

Tags


Últimas Notícias