Social

Será que nossas luzes e construções são visíveis a ETs?

Investigação questiona nossa visibilidade no cosmos

Um pesquisador da SETI desafia o status quo ao se perguntar se nossas criações humanas podem ser detectadas por civilizações extraterrestres. Em um artigo publicado na 'Acta Astronautica', Z. N. Osmanov explora a visibilidade de nossas construções artificiais para supostas sociedades alienígenas avançadas, diz o Mega Curioso.

Visibilidade cósmica

Ao inverter a busca tradicional por vida alienígena, Osmanov especula sobre a possibilidade de civilizações extraterrestres já estarem nos observando. Sua análise, fundamentada nas leis físicas universais, estabelece uma distância máxima de detecção em torno de 3 mil anos-luz, sugerindo que sociedades avançadas do Tipo II poderiam decifrar nossos sinais.

Para uma civilização alienígena visualizar nossas construções, é crucial que estas existam quando o sinal luminoso alcança seu destino cósmico. Isso implica em uma limitação de visibilidade, com construções com três mil anos, por exemplo, sendo perceptíveis apenas dentro de um alcance de três mil anos-luz. Isso coloca uma restrição espacial significativa na possível audiência extraterrestre.

?650 civilizações nos observam?

Osmanov estima que aproximadamente 650 civilizações alienígenas podem, atualmente, detectar nossas estruturas. Essa contagem baseia-se nas limitações de visibilidade decorrentes da idade das construções. A pesquisa considera civilizações Tipo I e Tipo II, categorias definidas pela escala de Kardashev, com as últimas sendo as mais propensas a nos observar.

Explorando a falta de evidências de vida extraterrestre, Osmanov concentra-se nas capacidades tecnológicas das civilizações Tipo II. Enquanto as Tipo I, capazes de controlar a energia de seu planeta, provavelmente não podem nos observar, as Tipo II, com controle estelar, podem possuir tecnologia suficiente para observar a Terra a centenas ou milhares de anos-luz.

Com essa perspectiva, nossa visibilidade cósmica se limita a um seleto grupo de civilizações Tipo II próximas. Essa hipotética audiência, agora voltando telescópios poderosos em nossa direção, poderia testemunhar eventos históricos terrestres, como a construção das primeiras pirâmides do Egito.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos