Social

Mulher rica em Dubai gasta 90 libras em uvas, mas não pretende comê-las

Despesa exuberante em meio à crise: uvas de 90 libras, só para ostentar

Uma mulher abastada em Dubai tornou-se viral após gastar mais de 90 libras em um cacho de uvas que ela nem mesmo pretende comer. Enquanto a crise de custo de vida persiste no Reino Unido, Dalila Laaribi exibiu seu desprendimento financeiro ao comprar as uvas mais caras do mundo, alegando que, incapaz de adquirir o apartamento mais caro em Dubai, optou pelas uvas exorbitantes.

Dalila Laaribi compartilhou em seu perfil do TikTok o momento em que adquiriu as uvas, proclamando serem as mais caras do mundo. Ela desembolsou 428 Dirhams dos Emirados Árabes Unidos, o equivalente a pouco mais de 92 libras, para o cacho de uvas verdes.

Surpreendentemente, ela confessou não ter a intenção de comê-las, deixando seus seguidores perplexos.

A explicação de Dalila para a extravagância foi simples: incapaz de comprar o penthouse mais caro em Dubai, ela fez a escolha de adquirir as uvas caríssimas. O vídeo revelou seu dilema sobre o que fazer com a fruta, considerando o alto custo da compra.

@dalilalaaribi

I bought the most expensive grapes in the world!

♬ original sound - Dalila Laaribi

Degustação de luxo

Embora inicialmente relutante em consumir as uvas devido ao alto preço, Dalila, em um segundo vídeo, provou uma das uvas para seus seguidores. De forma descontraída, ela comentou que as uvas "cheiram a Chanel" e, após hesitação inicial, decidiu cortar uma ao meio e saborear uma metade. O veredicto? "É incrível e totalmente vale a pena. Hora de vender mais alguns penthouses para bancar minhas uvas!"

Os comentários nos vídeos de Dalila refletiram divisões de opiniões. Enquanto alguns brincaram sobre a dificuldade em pagar por uvas comuns, outros expressaram indignação, acusando-a de ostentar sua riqueza em meio à crise global e desigualdades sociais. A discussão entre o luxo e a realidade financeira continua, revelando as disparidades presentes na sociedade.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos