Social

Quando o 'eu te amo' não é correspondido: como lidar com a falta de expressão?

Um ano de amor, mas as palavras faltam: a dúvida de uma namorada

No limiar de celebrar o primeiro Natal juntos, uma mulher de 31 anos compartilha sua inquietação sobre um aspecto crucial - seu namorado nunca disse as palavras mágicas: "eu te amo." Apesar de um relacionamento sólido, a ausência dessa expressão começa a gerar frustração e preocupação na namorada, que se pergunta como abordar a questão delicada.

Após quase um ano de namoro, a ansiedade cresce para a namorada que, apesar de expressar seus sentimentos, não recebe a mesma resposta do parceiro. A situação torna-se mais complexa, considerando o passado dele, marcado por um relacionamento de seis anos antes do atual.

A dúvida persiste: será que essa hesitação está relacionada ao passado ou indica algo mais?

A namorada, apesar de reconhecer as demonstrações frequentes de carinho e cuidado do parceiro, enfrenta o dilema de não ouvir as palavras que confirmariam seu sentimento.

Esse impasse levanta questões sobre a natureza da expressão de sentimentos, destacando a complexidade de relacionamentos após longos compromissos anteriores.

Rene Asmussen / Pexels

Abordagem sutil e valor das ações

A conselheira Coleen sugere uma abordagem mais sutil, sugerindo que a repetição constante do "eu te amo" pode criar pressão desnecessária. Coleen enfatiza que as ações e demonstrações diárias de afeto muitas vezes têm mais peso do que palavras repetidas. Ela compartilha sua própria experiência, onde seu ex-marido enfrentava dificuldades para expressar sentimentos verbalmente, mas suas ações mostravam o contrário.

Ao final, aconselha-se a não pressionar demasiadamente, mas, com o tempo, iniciar uma conversa honesta sobre os sentimentos. Saindo de um relacionamento de longa duração, o namorado pode desejar uma abordagem mais gradual.

A mensagem central é desfrutar do relacionamento, fortalecendo os vínculos, enquanto a comunicação aberta e a compreensão mútua continuam a ser fundamentais, como trouxe o The Mirror.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos