Social

Mulheres são hospitalizadas após tentativa de "aspirar a menstruação"

Profissional de saúde faz um apelo urgente para que as mulheres evitem práticas perigosas

Imagem:cottonbro studio/Pexels

ANÚNCIO

Uma enfermeira em Seattle (EUA) emitiu um alerta preocupante para as mulheres, após tratar duas pacientes hospitalizadas que desejavam "aspirar a menstruação" usando uma mangueira de vácuo.

ANÚNCIO

Essa prática bizarra foi compartilhada pela enfermeira em um tweet viral, que rapidamente chamou a atenção para os perigos envolvidos, diz o Mirror.

Jovens internadas

De acordo com a enfermeira, duas jovens, de 19 e 23 anos, foram internadas no hospital após tentarem usar um aspirador para acelerar o fim de seus períodos menstruais.

A prática imprudente de tentar interromper a menstruação mais cedo pode levar a sérias complicações de saúde.

A enfermeira fez um apelo direto às mulheres, implorando para que evitassem esse tipo de procedimento. Ela explicou que o corpo de uma mulher tem seu próprio fluxo menstrual natural, que é seguro e tolerável.

No entanto, usar um aspirador de pó pode aumentar esse fluxo em mais de mil vezes, levando a lesões vaginais graves e infecções que podem resultar em hospitalização.

O alerta da enfermeira foi seguido por um ginecologista certificado que também destacou a extrema periculosidade dessa prática.

ANÚNCIO

Adeeti Gupta, fundadora do Walk In GYN Care, enfatizou que essa ideia é terrivelmente insegura e pode ter consequências devastadoras para a saúde das mulheres.

É crucial que as mulheres tenham consciência dos perigos associados às práticas não convencionais e busquem aconselhamento médico adequado para questões relacionadas à menstruação.

A segurança e o bem-estar devem sempre vir em primeiro lugar, e é vital evitar métodos não testados que possam colocar em risco a saúde das mulheres.

ANÚNCIO

Tags


Últimas Notícias