Social

Trabalhadora de supermercado revela constrangimento depois que chefe pediu que ela usasse uniformes maiores

Caso voltou a viralizar nas redes.

Aisha Mason

Voltou a viralizar nas redes sociais o caso de uma funcionária de um supermercado que se sentiu “envergonhada” depois que seu chefe pediu que ela usasse “roupas maiores” alegando que “os homens ficam olhando”. De acordo com o portal Tyla, Aisha Mason compartilhou sua experiência no TikTok, alegando ter sido chamada ao escritório do chefe enquanto estava no trabalho. Aisha mostrou o uniforme que estava usando na época, composto por calças compridas e uma camisa polo.

“Eles estão dizendo que o formato do meu corpo é inadequado para o meu trabalho. Como isso pode ser minha culpa? Eles estão me impedindo de fazer meu trabalho e dizendo que meu corpo não é apropriado para o uniforme que estou usando. Estou usando as calças que eles pediram, e a desculpa deles é que homens e meninos na loja estão olhando para mim? Isso não é minha culpa”, desabafou nas redes sociais.

LEIA TAMBÉM:

Recomendados

No vídeo, Aisha afirmou que estava usando o uniforme exatamente como solicitado, mas seu chefe insistiu que ela deveria usar roupas maiores devido ao formato de seu corpo. Ela descreveu a situação como “assédio” e argumentou que estava sendo envergonhada por causa de seu corpo, quando a chefia deveria estar focada em questões mais importantes do que sua aparência.

“Estou cansada dos comentários sobre minha aparência inadequada apenas porque minhas roupas eram ajustadas, e estou orgulhosa da minha aparência”, acrescentou, ressaltando que seu contrato apenas exigia que os funcionários mantivessem uma aparência “arrumada, limpa e profissional”.

Nas redes sociais, Aisha recebeu o apoio de muitas pessoas que discordaram da atitude de seu chefe. No entanto, até o momento, o supermercado não emitiu nenhum comunicado sobre o assunto.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos