Social

Cachorro resgatado é eleito ‘cão mais feio do mundo’; para sua dona é o mais lindo de todos

Enquanto morava no abrigo, ninguém se interessava por sua adoção.

Quem disse que ser feio não tem seus benefícios? Mr. Happy, o cãozinho resgatado por sua dona, Jeneda Benally, veio para contradizer os padrões. O cãozinho, que é uma mistura de Chihuahua de crista chinesa sem pelos, foi coroado como o “cão mais feio do mundo”, levando o título para casa.

Segundo o site oficial do concurso, ocorrido em Sonoma-Marin Fairgrounds and Eent Center, em Petaluma, na Califórnia (EUA), é celebrado “as imperfeições que tornam todos os cães especiais e únicos”. Outros participantes também foram resgatados, assim como Mr. Happy Face.

O regaste

Mr. Happy foi resgatado em um abrigo no Arizona, em agosto de 2021, logo após despertar o amor em Jeneda Benally. Por ser um cachorro de idade, além das necessidades vitalícias de tratamentos e remédios, quase ninguém se interessava por sua adoção.

“Quando o conheci, ele era a criatura mais feliz que já conheci. Ele veio mancando até mim e me escolheu”, disse Benally ao Today Show. “Eu jurei naquele dia que ele seria tão amado que nunca se lembraria de como sua vida anterior tinha sido horrível.”

Benally e seu pet receberam 1.500 dólares e uma viagem a Nova York para aparecerem no Today Show. Em segundo lugar ficou um cachorrinho chamado Wild Thang.

Veja mais: Com ‘gravidez fantasma’, cachorrinha resgatada pensa que porco de brinquedo é seu bebê e não tira os olhos dele

Inspiração

A dona de Mr. Happy acredita que seu gesto de amor para com o pet poderá inspirar outras pessoas. Desta forma, passarão a olhar além das limitações físicas. De acordo com ela, todos os animaizinhos precisam de amor.

“Acredito que essa alma humilde também está sendo um exemplo, de maneiras sutis, para ajudar os humanos a perceber que até cães velhos precisam de amor e de uma família também”, disse Benally. “Amor, bondade e beijos de mamãe o ajudaram a desafiar a curta vida que todos esperávamos que ele tivesse com nossa família.”

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos