No México: vulcão solta fumaça em forma de caveira às vésperas do Dia de Los Muertos

Por Brenno Quadros

Uma nuvem de fumaça que saiu de um vulcão em Puebla, no México, causou um verdadeiro frenesi ao ‘formar’ o rosto de uma caveira. Os habitantes da cidade mexicana acreditam que a ‘caveira’ é uma lembrança do iminente festival ‘Dia dos Mortos’, marcado para acontecer no fim de outubro.

Segundo o The Sun, a Defesa Civil de Puebla emitiu um alerta de atividade moderada no vulcão. Teria sido essa atividade que gerou a figura de enorme semelhança com ‘La Calavera Catrina’ (ou ‘A Caveira Catrina’ em tradução livre para o português), símbolo não-oficial do festival do Dia dos Mortos.

Caveira 2 Reprodução / The Sun

Nessa data, os mexicanos se reúnem para relembrar seus entes e amigos falecidos. Às vezes decoram seus túmulos, acreditando que isso os ajudará em sua jornada espiritual. Supostamente, os espíritos das crianças mortas visitam seus entes queridos no dia 1º de novembro (conhecido como Dia de Todos os Santos), enquanto os adultos aparecem no dia seguinte (Dia de Finados).

A Caveira Catrina foi criada pelo ilustrador Jose Guadalupe Posada como uma representação satírica dos mexicanos que tentavam adotar as tradições europeias no início do século XX. Embora o Dia dos Mortos seja muito popular em todo o país, muitos eventos relacionados à data tiveram que ser cancelados por causa da pandemia.

Loading...
Revisa el siguiente artículo