Foco

25 anos de aviação: saiba quem era o piloto da Latam que morreu ao passar mal durante voo

Iván Andaur Santibañez, 56, voava entre Miami, nos EUA, e Santiago, no Chile, quando faleceu

Ele recebeu atendimento médico no Panamá, mas não resistiu
Piloto Iván Andaur Santibañez, de 56 anos, morreu após passar mal durante um voo comercial da Latam (Reprodução/Redes sociais)

ANÚNCIO

O piloto Iván Andaur Santibañez, de 56 anos, morreu após passar mal durante um voo comercial entre Miami, nos Estados Unidos, e Santiago, no Chile. A aeronave chegou a fazer um pouso para emergência médica no no Aeroporto Internacional de Tocumen, no Panamá, mas ele não resistiu.

ANÚNCIO

O caso aconteceu na madrugada de terça-feira (15). Conforme a Latam, Iván pilotava um boeing 787-9, quando se sentiu mal e todos os protocolos de segurança foram adotados. Mesmo com atendimento médico, ele acabou falecendo. As causas da morte não foram reveladas.

Após a parada de emergência no Panamá, os passageiros seguiram viagem para Santiago em outro voo comercial.

A companhia destacou que o piloto já tinha 25 anos de aviação. “Somos profundamente gratos por seus 25 anos de experiência e sua valiosa contribuição que sempre se destacou pela sua dedicação, profissionalismo e empenho”, disse em nota.

De acordo com o jornal “Las Últimas Noticias”, do Chile, Iván era amante de motocicletas e colecionava modelos antigos. Ele perdeu a esposa há alguns anos, mas deixou uma filha.

Nas redes sociais, colegas de profissão lamentaram a morte do piloto e fizeram muitas homenagens: “Voa alto, amigo e nosso brigadeiro sênior”, escreveu um amigo.

Outra amiga postou um vídeo para se despedir de Iván. “A grande tragédia da vida não é a morte. É deixar de rir, de amar, de sonhar. É o que deixamos morrer dentro de nós enquanto estamos vivos. #obrigado.”

LEIA TAMBÉM:

ANÚNCIO

Recomendado:

Tags


Últimas Notícias