Foco

IPVA 2023: começa na quarta-feira pagamento da 1ª parcela e à vista com desconto

Quem pagar a vista em janeiro terá desconto de 3% sobre o valor do imposto

Proprietários de carros com placa de São Paulo final 1 que optarem por parcelar ou pagar a vista com desconto de 3% devem fazer o pagamento nesta quarta-feira (dia 11).

Veja tabela:

Imposto

Opções de pagamento

Recomendados

  • À vista
  • Cota única em janeiro com desconto de 3%;
  • Cota única em fevereiro, sem desconto;
  • Parcelamento, sem desconto, cota mínima de R$ 68,52
  • Em 3 vezes, de janeiro a março (entre R$ 205,56 e R$ 274,07);
  • Em 4 vezes, de janeiro a abril (entre R$ 274,08 e R$ 342,5);
  • Em 5 vezes, de janeiro a maio (acima de R$ 342,60).

Prazos para caminhões:

Pagamento integral em janeiro tem desconto de 3%;

Parcelamento em três, quatro ou cinco vezes, sem desconto, os vencimentos são em 20 de março, 20 de abril, 20 de maio, 20 de julho, 20 de agosto e 20 de setembro.

Como pagar?

Para pagar o IPVA, basta se dirigir a uma agência bancária credenciada com o número do Renavam, e pagar a guia no guichê de caixa, nos terminais de autoatendimento, pela internet, via débito agendado ou por meio de outros canais oferecidos pelo banco.

Também é possível fazer o pagamento em casas lotéricas e com cartão de crédito, nas empresas credenciadas à Sefaz.

Os proprietários que desejam antecipar o licenciamento anual deverão quitar todos os débitos, entre eles o IPVA, a taxa de licenciamento e multas de trânsito.

TABELA FIPE

Neste ano, em média, o imposto ficou 10,77% mais caro, segundo pesquisa da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas). O valor do IPVA varia de acordo com levantamento da Fipe, baseado nos valores de mercado apurados em setembro/outubro de 2022, em comparação com igual período do ano passado.

Apesar do aumento, as alíquotas ara veículos particulares novos e usados permanecem as mesmas de anos anteriores: 4% para carros de passeio; 2% para motocicletas e similares, caminhonetes cabine simples, micro-ônibus, ônibus e maquinário pesado; além de 1,5% para caminhões e 1% para os veículos de locadoras. Para consultar o valor venal do veículo, clique aqui.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos