Foco

Motorista de aplicativo é esfaqueada por bandidos ao parar em semáforo e morre, em Fortaleza

Vítima, que era contadora, fazia corridas no período noturno para complementar a renda

Ela era motorista de app e contadora

A motorista de aplicativo Samira Albino Ribeiro, de 32 anos, foi morta a facadas durante uma tentativa de assalto no bairro Aerolândia, em Fortaleza, no Ceará. De acordo com a Polícia Civil, ela realizava uma corrida, quando parou em um semáforo e foi abordada por dois criminosos. Eles exigiram o celular da vítima e, como ela não entregou, acabou sendo esfaqueada.

O caso aconteceu na noite de quarta-feira (30) na Avenida Raul Barbosa. Testemunhas contaram que ela chegou a argumentar com os bandidos que não tinha um aparelho de telefone, mas foi ferida na região do tórax. Ela ainda conseguiu dirigir até um posto de combustíveis na BR-116, de onde foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Samira foi, então, levada para o Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza, mas não resistiu aos ferimentos.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública do Ceará informou que Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa da Polícia Civil investiga o caso. Até a noite de quinta-feira (1º), nenhum suspeito havia sido preso.

Reforço na renda

Parentes de Samira, que não quiseram se identificar, contaram que ela era formada em Ciências Contábeis e trabalhava como contadora, mas também atuava como motorista de aplicativo no período noturno para complementar a renda familiar.

O corpo dela foi enterrado no Cemitério Jardim Metropolitano na quinta-feira.

LEIA TAMBÉM:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos