Foco

Estado de São Paulo mantém exigência de máscaras de proteção em locais abertos

A flexibilização do uso da máscara estava prevista para o próximo dia 11

Em função dos casos confirmados da nova variante do coronavírus, chamada de ômicron, o governador João Doria determinou a manutenção da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção em espaços abertos.

A flexibilização do uso da máscara estava prevista para o próximo dia 11 e a decisão do governador atende a recomendação do Comitê Científico do governo.

De acordo com o governo, o Comitê apontou que ainda há muita incerteza sobre o impacto que a nova variante terá sobre a população, principalmente na época das festas de final de ano, quanto há grandes aglomerações e maior incidência de transmissão da doença.

“Decidimos adotar essa medida por prudência com o cenário epidemiológico no estado. Todos os números demonstram que a pandemia está recuando em São Paulo, mas vamos optar pela precaução. O nosso maior compromisso é com a saúde da população”, disse Doria.

Nesta quinta-feira, o prefeito de São Paulo também havia anunciado que manteria a exigência da máscara na Capital e também determinou o cancelamento das comemorações do réveillon em espaços públicos.

São Paulo já detectou três casos de pessoas contaminadas com a nova variante do coronavírus, todas vindas de países africanos que chegaram pelo Aeroporto Internacional de Cumbica. Todos os pacientes já haviam sido vacinados e estão em quarentena, sem sintomas graves da doença.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos