logo
/ Metrô de São Paulo/Divulgação/Fotos Públicas / Metrô de São Paulo/Divulgação/Fotos Públicas
Foco 29/04/2021

SP prorroga transição, mas amplia horário de comércio e serviços

Por : André Vieira - Metro

Os comércios e serviços de São Paulo poderão abrir mais cedo e fechar mais tarde a partir deste sábado, na nova etapa de transição.  A fase terminaria amanhã, mas foi prorrogada pelo governo e agora vai vigorar até o dia 9 de maio em todo o estado.

As lojas de rua, shoppings, bares, restaurantes, cinemas e teatros, que hoje têm autorização para abrir só às 11h, poderão funcionar a partir das 6h. Já o horário de encerramento, atualmente às 19h, será esticado em uma hora e passará para as 20h.

As academias, que têm operado em dois períodos (das 7h às 11h e das 15h às 19h), também passarão para o horário das 6h às 20h. Os parques seguirão funcionando entre 6h e 18h.

Apesar da extensão, os comércios e serviços seguirão com a limitação de receber presencialmente apenas 25% da sua capacidade de público.

A fase de transição teve início no último dia 18 e foi implementada depois de melhora nos números da pandemia – após 40 dias de quarentena mais dura, entre as fases emergencial e 1-vermelha.

Secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen disse ontem que a ampliação do horário de funcionamento dentro da fase de transição é um novo “voto de confiança” para os setores econômicos e os prefeitos.

Patricia também lembrou que as novas regras começarão a valer no feriado de 1º de Maio, quando o mundo comemora o Dia do Trabalhador. “É simbólico. E que todos possam trabalhar, com dignidade e responsabilidade”, afirmou.

Mais tempo

Governo estende fase de transição e estica o expediente das atividades econômicas

 FASE DE TRANSIÇÃO

Início: 18 de abril.  Término previsto: 30 de abril
Novo prazo de término: 9 de maio

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

Lojas de rua, shoppings, restaurantes, salões de beleza e espaços culturais: das 11h às 19h

Academias e clubes: das 7h às 11h e das 15h às 19h

Parques: das 6h às 18h

A PARTIR DE SÁBADO

Lojas de rua, shoppings, restaurantes, salões de beleza e espaços culturais: das 6h às 20h

academias e clubes: das 6h às 20h

Parques: das 6h às 18h

Botucatu terá vacinação
em massa

A cidade de Botucatu, no interior de São Paulo, terá vacinação em massa contra a covid-19 em estudo realizado pelo Ministério da Saúde com a vacina Oxford/AstraZeneca, distribuída pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz). O objetivo é testar o comportamento da doença sobre uma população inteiramente imunizada – similar ao que o Instituto Butantan tem feito em Serrana, também no interior. As doses serão aplicadas a partir de maio nas pessoas a partir dos 18 anos. Os testes devem envolver 80 mil dos 145 mil habitantes da cidade – considerando só os adultos não vacinados.