logo
Ao lado da vice Kamala Harris, Biden falou ontem sobre o decreto no jardim da Casa Branca / Alex Wong/Getty Images
Foco 29/04/2021

Biden anuncia pacote trilionário para educação

Às vésperas de completar 100 dias do novo governo, marco que acontece hoje, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, apresentou um plano trilionário que busca ampliar o acesso de americanos à educação e à saúde no país. Se aprovado pelo Congresso, o investimento de US$ 1,8 trilhão (cerca de R$ 9,7 trilhões) pode durar dez anos e garantir educação gratuita aos americanos desde a creche até o ensino superior.

O Plano para as Famílias Americanas, como a Casa Branca chama o projeto, inclui financiamento para o jardim de infância universal, um programa federal de licença paga, esforços para tornar o cuidado infantil mais acessível, faculdade comunitária gratuita, além de uma ajuda para estudantes em faculdades que historicamente atendem comunidades não-brancas.

“O presidente sabe que uma classe média forte é a espinha dorsal da América. Ele sabe que deveria ser fácil para as famílias entrarem e permanecerem nela.” 

Nota da Casa Branca 

Do total de US$ 1,8 trilhão proposto por Biden, US$ 1 trilhão (R$ 5,3 trilhões) será distribuído como investimento direto do governo e o restante virá de abatimento de impostos.

De acordo com o jornal americano The New York Times, funcionários do governo classificam o plano como um “investimento na economia inclusiva” que beneficiará milhões de americanos de classe média a construir um estilo de vida com flexibilidade no trabalho e com mais habilidades. Em documento compartilhado pela Casa Branca, com cerca de 15 páginas, o governo afirma que o pacote tem como objetivo eliminar lacunas raciais e de gênero em toda a economia norte-americana.

“O presidente sabe que uma classe média forte é a espinha dorsal da América. Ele sabe que deveria ser mais fácil para as famílias entrarem para a classe média e permanecerem nela”, diz o comunicado da Casa Branca.

Desde que tomou posse em janeiro deste ano, o democrata Joe Biden já anunciou outros dois pacotes trilionários para impulsionar a economia norte-americana em um momento pós-pandemia de covid-19. No mês passado, o Congresso chegou a aprovar um outro plano de US$ 1,9 trilhão (R$ 10,2 trilhões) para recuperação econômica. Já o outro projeto, de US$ 2,2 trilhões (R$ 11,8 trilhões), pretende investir em infraestrutura e ainda depende de aprovação no Legislativo dos EUA.