Pedágios ficam mais caros no estado de São Paulo

Por Metro World News

Passou a vigorar nesta terça-feira (dia 1º) o reajuste anual das rodovias de São Paulo, após seis meses de adiamento devido à pandemia de coronavírus.

O reajuste médio concedido foi de 1,88%, com base no IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) acumulado entre junho de 2019 e junho deste ano.

Esse aumento passa a vigorar nas praças sob concessão da CCR Autoban, AB Colinas, Ecovias, Intervias, Renovias, CCR SPVias, Tebe, Triângulo do Sol, CCR ViaOeste, Cart, Ecopistas, RodoAnel, Rodovias do Tietê, Rota das Bandeiras, SPMar e Via Rondon.

Na rodovia dos Tamoios, o reajuste foi de 2,13%.

Para checar os novos valores dos pedágios em todo o estado, visite o site da Artesp.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo