Secretário de Saúde de Osasco sobrevive a atentado a tiros

Fernando Machado de Oliveira estava em veículo blindado que foi alvejado seis vezes

Por Metro World News

O secretário da Saúde Fernando Machado de Oliveira, do município de Osasco, na Grande São Paulo, sofreu um atentado a tiros na noite de quinta-feira (4). Ele estava em um veículo, que foi atingido por seis tiros, mas não ficou ferido.

O caso ocorreu por volta das 21h30. Em depoimento à polícia, ele afirmou que estava voltando para a sua casa quando um passageiro em um carro branco disparou em sua direção.

Veja também:
Retroescavadeira tomba em avenida após caminhão bater em viaduto
São Paulo oficializa congelamento de salários para estado e municípios

Momentos antes da tentativa de homicídio, Oliveira relatou ter recebido ameaças de morte em um áudio no aplicativo de mensagens WhatsApp. Segundo a vítima, a voz estava distorcida. A secretária-adjunta da pasta, Suzete Franco, também foi intimidada.

A perícia inicial aponta que os tiros foram feitos por uma pistola 9 milímetros, arma de uso exclusivo das Forças Armadas. Os disparos foram feitos no lado do motorista, mas a blindagem do carro ajudou a salvar o secretário, que é médico e assumiu a pasta em abril do ano passado.

Mais cedo, na quinta, a Secretaria de Saúde de Osasco demitiu 150 funcionários. A polícia quer saber se a demissão dos servidores tem relação com o atentado. Nesta manhã, policiais buscam imagens de câmeras de segurança.

Loading...
Revisa el siguiente artículo