Foco

Estudantes criticam propaganda do MEC sobre manutenção de datas do Enem

Reprodução/YouTube

A manutenção do calendário de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), garantida por decisão da Advocacia-Geral da União (AGU), foi informada através de uma nova propaganda do Ministério da Educação.

ANÚNCIO

Com menos de um minuto, o vídeo argumenta que a «nova geração» de profissionais seria perdida caso o exame fosse suspenso ou adiado. «A vida não pode parar», diz o roteiro.

Recomendados

LEIA MAIS:
Com média de 12,8ºC, São Paulo tem madrugada mais fria do ano
FGT: saque-aniversário para nascido em março e abril começa nesta segunda

Em outro momento, jovens atores convocam os estudantes brasileiros para «estudar, de qualquer lugar, de diferentes formas, pelos livros, pela internet, com a ajuda a distância dos professores».

Durante a pandemia de coronavírus, que já deixou mais de sete mil mortos no país, as aulas em diversos estados estão suspensas. Em São Paulo, a previsão atual é que escolas estaduais retomem os estudos presenciais apenas em julho.

Nas redes sociais, estudantes criticaram o tom e a mensagem da propaganda, além de questionarem a decisão por manter inalterado o calendário do Enem 2020.

https://twitter.com/DCUCOMlCS/status/1257357599416225793

https://twitter.com/kikofalou/status/1257358210975047686

As datas de aplicação das provas impressas ficam mantidas para os dias 1º e 8 de novembro.

Tags

Últimas Notícias