Foco

Metrô abre nova estação da linha 5-Lilás, mas mantém ramal ‘ilhado’

O Metrô abre nesta sexta-feira mais uma estação da linha 5-Lilás, que facilitará o acesso a três importantes hospitais e ao parque Ibirapuera, mas não vai tirá-la do isolamento.

A parada que será aberta é a AACD-Servidor, ao lado das duas  unidades de saúde de quem empresta o nome e também do hospital Edmundo Vasconcelos, na Vila Clementino, zona sul.

Por estar em área onde se concentram hospitais e clínicas, a estação terá mais itens de acessibilidade, como nove elevadores e 12 escadas rolantes, além de uma saída exclusiva para a AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente) e dois pavimentos de estacionamento. A estação é também a mais próxima do parque Ibirapuera de toda a rede, cerca de 15 minutos a pé.

Questionado ontem pela reportagem, o Metrô confirmou a abertura da estação AACD-Servidor e informou que dará mais detalhes nesta quinta-feira, como o horário de funcionamento e se haverá cobrança nessa fase inicial de testes.

Mesmo com a nova parada, a linha 5-Lilás segue “ilhada” e sem ligação com as demais. As integrações com os ramais 1-Azul e 2-Verde só ocorrerão no mês que vem, com a inauguração das estações Santa Cruz e Chácara Klabin. Essas duas últimas, assim como estação Hospital São Paulo, estavam previstas para serem abertas em agosto, mas o prazo não será cumprido.

O histórico de atrasos da linha é bem mais antigo. As obras de extensão começaram em 2009 e deveriam estar prontas em 2012.  

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos