Foco

EI assumem autoria de atentados no Paquistão e no Iraque e deixam ao menos 120 mortos

O Estado Islâmico assumiu na quinta-feira (16) a autoria de atentados no Paquistão e no Iraque que deixaram aos menos 120 mortos e 205 feridos.

ANÚNCIO

No episódio com mais vítimas, um homem-bomba atacou um santuário sufi lotado no sul do Paquistão. De acordo com as agências de notícia, 72 pessoas morreram e 150 ficaram feridas. Muitas vítimas foram levadas em estado grave para os hospitais locais.

O ataque ao santuário de Lal Shahbaz Qalandar na cidade de Sehwan Sharif é o maior numa onda de atentados a bomba no país nesta semana, num momento em que o radicais islâmicos realizam ameaças de nova ofensiva.

“Cada gota de sangue da nação será vingada, e imediatamente”, disse o chefe do Exército, general Qamar Javed Bajwa.

Em Bagdá, 48 pessoas morreram e 55 ficaram feridos depois da explosão de um carro-bomba. O atentado ocorreu no bairro de Bayaa, no sul da cidade, onde na terça-feira quatro pessoas morreram em outro incidente.

Autoridades disseram que a bomba tinha como alvo concessionárias de automóveis. O veículo estava parado em uma rua movimentada, cheia de garagens e revendedoras de carros usados

ANÚNCIO

Recomendado:

Tags


Últimas Notícias