Foco

Premiê da França irá renunciar para poder disputar a Presidência

ANÚNCIO

O primeiro-ministro da França, Manuel Valls, anunciou nesta segunda-feira (5) que será candidato à Presidência do país. Por conta disso, ele também confirmou sua renúncia ao cargo de premier.

ANÚNCIO

«Não posso mais ser primeiro-ministro, amanhã [6] deixarei minhas funções, em pleno acordo com o presidente François Hollande», declarou, durante um discurso em Evry, cidade nos arredores de Paris onde foi prefeito por 11 anos.

Com isso, Valls disputará, em janeiro, as primárias do Partido Socialista, que aparece apenas em terceiro nas pesquisas de intenção de voto para as eleições de 2017. A candidatura do primeiro-ministro já era ventilada há bastante tempo, mas só foi confirmada após a decisão de Hollande de não tentar a reeleição.

Atualmente, cerca de 80% dos franceses são desfavoráveis ao presidente. No entanto, Valls, cuja taxa de desaprovação ultrapassa os 60%, terá trabalho para chegar ao segundo turno.

De acordo com a maioria das pesquisas, o ex-premier conservador François Fillon tem cerca de 30% das intenções de voto, contra 25% de Marine Le Pen, da extrema-direita. O premier, por sua vez, patina entre 9% e 11% da preferência.

Nascido em Barcelona, na Espanha, Valls tem 54 anos e também já foi ministro do Interior de Hollande, entre 2012 e 2014, quando assumiu o posto de premier.

ANÚNCIO

Recomendado:

Tags


Últimas Notícias