Foco

Bancários entram em greve por reajuste salarial a partir desta terça-feira

Bancários de todo o país recusaram na última semana a proposta de reajuste salarial apresentada pela Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) e decidiram entrar em greve a partir de terça-feira. Segundo a Contraf (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro),  a paralisação foi aprovada por 134 sindicatos. Outros cinco sindicatos realizam assembleias nesta semana.

A Fenaban ofereceu aos bancários reajuste de 6,5% no salário e nos auxílios refeição, alimentação, creche, e abono de R$ 3 mil, além de PLR (participação nos lucros e resultados). Segundo a Contraf, a proposta da entidade patronal não cobre a inflação do período, projetada em 9,57% para agosto deste ano, e representa perdas de 2,8% para a categoria.

A Contraf pede, entre outras reivindicações, reposição da inflação do período mais 5% de aumento real, PLR de três salários mais R$ 8.317,90, combate às metas abusivas, ao assédio moral e sexual, fim da terceirização. 

Untitled-7

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos