Foco

São Caetano planeja escolas que geram a própria energia

A Prefeitura de São Caetano está construindo uma escola que terá capacidade para produzir a própria energia elétrica. Segundo a administração, esse é um projeto piloto que, se tiver resultado positivo, pode ser ampliado para todas as unidades.

O teste será feito no equipamento de educação infantil que está sendo erguido na rua Nazareth, 125, no bairro Santa Paula. As obras forma iniciadas em fevereiro.

Segundo o diretor de Meio Ambiente e Sustentabilidade da prefeitura, Horácio Pires, no telhado do prédio serão instaladas placas solares fotovoltaicas, que são capazes de absorver a luz do sol e transformá-la em energia elétrica.

De acordo com Pires, está em planejamento a compra de quantidade de placas suficiente para que a escola se torne autosustentável energeticamente. “O projeto que pode proporcionar ganhos financeiros e ambientais.”

Ele diz que ainda não há previsão de custos. “Estamos fazendo estudos para saber quanto será investido. Mas já é possível prever que, ao longo do tempo, a economia de energia na unidade compensará o que foi gasto com as placas.”

Pires afirma que se for comprovada a viabilidade financeira, a prefeitura irá iniciar planejamento para levar a tecnologia para todas as outras escolas do município. “É claro que se o custo-benefício for positivo, vamos tentar ampliar.”

A previsão da prefeitura é entregar a unidade do até o fim do ano. A nova escola terá capacidade para atender cerca de 200 crianças. O investimento é de R$ 2,5 milhões, segundo a administração municipal.

Além da geração própria de energia, a unidade também terá tanque para reaproveitamento de água de chuva e uma “parede verde” (plantação em muro).

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos