Brasil

Dilma pode não assinar notificação do afastamento na quinta

A presidente Dilma Rousseff pode não assinar na quinta-feira citação na qual é informada oficialmente do afastamento para sexta-feira. A informação é da colunista da BandNews FM, Mônica Bergamo, e o motivo seria simbólico.

Como os petistas consideram o impeachment um golpe, o vice Michel Temer só poderia assumir a presidência na sexta-feira, dia 13, que para os supersticiosos é um dia de azar.

Para Mônica Bergamo, a sessão no Senado não deixa de ser histórica, mas é bastante previsível e vai apenas confirmar a inevitável saída de Dilma.

Veja também:
AO VIVO: Senado se reúne para decidir se Dilma será afastada

Ainda segundo Bergamo, alguns movimentos sociais, como o MST, estão indo de Goiás a Brasília para acompanhar a saída da presidente Dilma do Palácio do Planalto e farão uma caminhada até o Palácio da Alvorada, o que pode cancelar essa ideia inicial, já que não teria como deixar as pessoas mobilizadas durante a quinta e a sexta-feira.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos