Foco

Nos EUA, policial é processado por algemar garoto de oito anos com deficiência

Menino de oito anos ficou algemado por quinze minutos | Reprodução/Youtube/ACLU
Menino de oito anos ficou algemado por quinze minutos | Reprodução/Youtube/ACLU

O policial norte-americano Kevin Sumner está sendo processado por uma união pró-direitos civis após algemar um garoto de oito anos portador de TDAH (transtorno do déficit de atenção com hiperatividade), caracterizado por sintomas de desatenção, inquietude e impulsividade.

Um vídeo divulgado pela entidade mostra o policial dando um sermão no menino, que chora após ser obrigado a ficar sentado e ter os braços (já que os pulsos são muito finos) algemados por cerca de 15 minutos.

A mãe do menino relatou que o filho ficou traumatizado depois de ser submetido a esta ação.

Segundo o Daily Mail, o mesmo policial teria ainda algemado outra criança, uma menina de nove anos, pelo mesmo motivo.

As imagens foram realizadas no ano passado, em um colégio no município de Covington, no Kentucky.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos