logo
Brasil
Brasil 08/04/2015

Justiça bloqueia R$ 163 milhões da Queiroz Galvão

Operários trabalham em obras da empresa Queiroz Galvão para a Olimpíada do Rio-2016 | Ricardo Moraes/Reuters

Operários trabalham em obras da Queiroz Galvão para a Olimpíada do Rio-2016. A empresa é suspeita de participar do esquema de corrupção na Petrobras | Ricardo Moraes/Reuters

A Justiça Federal decretou o bloqueio de R$ 163,5 milhões da Queiroz Galvão, uma das empresas suspeitas de participar do esquema de corrupção na Petrobras descoberto pela Operação Lava Jato.

O dinheiro confiscado se refere a um precatório a ser pago pelo Governo do Alagoas à companhia.

A Queiroz Galvão foi procurada, mas por enquanto não se manifestou.

O juiz Sérgio Moro, encarregado das ações penais da Lava Jato, foi o responsável pela decisão e afirmou que a medida não afeta a liquidez da empresa, já que o dinheiro ainda não está no caixa da Queiroz Galvão.