Foco

Prazo para ativistas deixarem Parque Augusta termina nesta quarta

Termina nesta quarta-feira o prazo para que seja desmontado o acampamento na área conhecida como parque Augusta, no centro de São Paulo. Um grupo de ativistas que é contra a reintegração de posse do terreno armou barracas e tem frequentado o local há cerca de um mês e meio.

ANÚNCIO

A reintegração de posse foi marcada pela Justiça para ocorrer nesta quarta. O terreno é particular, pertence a duas incorporadoras que pretendem construir três prédios no espaço.

A construção dos edifícios foi autorizada pela Conpresp (Conselho de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo) no dia 27 de janeiro.

Mas a autorização tem restrições: a principal delas é que os prédios não podem ocupar mais do que 40% de todo o terreno. O restante da área deverá ser destinado à construção de um parque com acesso público e administração particular.

O terreno foi tombado em 2004. Nos cerca de 25 mil metros quadrados estão árvores nativas da Mata Atlântica.

ANÚNCIO

Recomendado:

Tags


Últimas Notícias