Foco

Alckmin nega redução na pressão da água em São Paulo

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, negou que a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) tenha reduzido a pressão da água na rede de distribuição, além do limite mínimo estabelecido pela norma técnica brasileira.

Uma investigação feita pela Arsesp (Agência Reguladora de Saneamento do Estado de São Paulo) mostrou falhas de abastecimento nas regiões mais altas e afastadas da capital. A prática caracteriza infração e a Sabesp foi notificada.

O governador afirmou, no entanto, que a empresa age dentro dos padrões e já prestou esclarecimentos à agência. Alckmin disse ainda que as chuvas que tem caído nos últimos dias são importantes para recuperar o nível dos reservatórios até o fim do ano.

Queda
Mesmo com as chuvas que atingiram a capital no último dia, o reservatório do Sistema Cantareira teve nova queda e chegou a 7,6 % de sua capacidade neste sábado. O volume do sistema Guarapiranga subiu e o do Alto Tietê se manteve estável.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos