Foco

Avião deve ter caído no Mali por causa do tempo ruim, dizem autoridades

O mau tempo foi provavelmente a causa da queda do voo da Air Algerie no Mali, no oeste da África, no qual morreram todas as 118 pessoas a bordo, disseram autoridades francesas nesta sexta-feira.

Investigadores no local do desastre no norte do Mali concluíram que o avião se partiu quando atingiu o solo, disseram, sugerindo que isso indica ser improvável ter sido alvo de um atentado.

«Soldados franceses que estão na área começaram a investigação. Infelizmente não há sobreviventes», disse o presidente francês, François Hollande, a repórteres nesta sexta-feira.

Recomendados

Uma coluna de 100 soldados e 30 veículos das forças francesas estacionadas na região chegou ao local na manhã desta terça-feira para proteger a área da queda, perto da cidade de Gossi, no norte malinês, e recuperar os corpos, informou uma autoridade do Ministério da Defesa.

Hollande disse que uma das caixas-pretas com os dados do voo já havia sido encontrada e será analisada rapidamente.

«Os destroços do avião estão concentrados em uma área pequena, mas ainda é muito cedo para tirar conclusões», declarou Hollande sobre a aeronave, que levava 51 cidadãos franceses e se espatifou perto de Burkina Fasso, de onde partira.

«Há teorias, especialmente o tempo, mas nós não estamos excluindo nenhuma teoria», acrescentou.

Autoridades da aviação perderam contato com o voo AH5017 menos de uma hora depois de decolar rumo à Argélia, por volta de 1h55 GMT (22h55 em Brasília) na terça-feira, depois que o piloto fez uma solicitação de mudança de curso por causa do mau tempo.
Divulgadas primeiras imagens de avião em Mali
O avião da Air Algérie caiu em uma zona desértica do Mali e seus restos estão espalhados numa grande superfície, segundo um vídeo feito por soldados de Burkina Fasso e divulgado pelo canal France 2. Essas imagens, as primeiras disponíveis do local do impacto, mostram uma zona desértica e plana, na qual existem alguns arbustos.

Restos metálicos dificilmente identificáveis estão dispersos em uma superfície de centenas de metros, mas os principais elementos do aparelho não são visíveis.
Veja imagens dos destroços do avião:
[metrogallerymaker id=»275″]

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos