Foco

Donos de academia que explodiu no ABC serão indiciados

A academia estava com o alvará de funcionamento regularizado | Paula de Donato/Rádio Bandeirantes
A academia estava com o alvará de funcionamento regularizado | Paula de Donato/Rádio Bandeirantes

Os donos da academia que explodiu no fim de semana na Grande São Paulo devem ser indiciados por crime de explosão culposa, ou seja, sem intenção. Duas pessoas morreram e dezesseis ficaram feridas. Só neste ano, os bombeiros registraram um acidente por dia envolvendo vazamentos de gás no estado.

Imagens feitas por um vizinho logo após a explosão mostram a destruição e o desespero dentro da academia. As pessoas fora retiradas de uma piscina vazia em meios aos escombros. Funcionários, vizinhos e frequentadores fizeram o socorro das vítimas antes da chegada do Corpo de Bombeiros.

Eles tentaram reanimar a professora de natação, Hélne Alves, de 24 anos, que dava aula na hora do acidente. Mas ela não resistiu. Um homem que morava ao lado da academia foi atingido no quintal da casa e também morreu. Dezesseis pessoas ficaram feridas – entre elas duas crianças. Seis permanecem internadas.

Tudo aconteceu no sábado de manhã, com a academia cheia. Uma mãe estava na área da piscina com o filho, quando a explosão aconteceu.

Há meses os vizinhos reclamavam de forte cheiro de gás – que saía de cilindros de GLP que abasteciam a caldeira de aquecimento das piscinas. A polícia disse, no entanto, que a única queixa foi registrada no dia do acidente.

A academia estava com o alvará de funcionamento regularizado. Hoje testemunhas prestaram depoimento em São Bernardo do Campo. Os donos ainda não se apresentaram. Eles responderão por crime de explosão – não intencional.

Só este ano, no Estado de São Paulo, foram 131 acidentes provocados por vazamento de gás.

As ocorrências envolvendo gás não estão entre as mais comuns atendidas pelo Corpo de Bombeiros, mas são consideradas de alta complexidade porque envolvem o risco de acidentes, explosões e desabamentos. Por causa disso, os cuidados começam antes mesmo da instalação dos equipamentos.

Os aquecedores, abastecidos pelo gás encanado, devem ser colocados em locais com ventilação constante. Já nos botijões, é preciso ter atenção ao prazo de validade dos dispositivos como a mangueira e a válvula. Eles não devem ficar próximos a equipamentos sem isolamento de calor, como a parte de trás dos fogões.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos