Estilo de Vida

10 minutos de atividade física: a chave para uma vida longa e saudável

Estudo revela que pequenas mudanças nos hábitos diários, como trocar o elevador pela escada, podem contribuir para a longevidade

10 minutos exercícios físicos
10 minutos exercícios físicos - reprodução

ANÚNCIO

A relação entre atividade física e saúde é bem conhecida, mas um estudo recente publicado na revista JAMA International Medicine trouxe uma revelação surpreendente. A pesquisa aponta que incorporar apenas dez minutos de atividade física diária à rotina de adultos acima de 40 anos nos Estados Unidos poderia evitar cerca de 110 mil mortes anualmente. Essa descoberta representa um estímulo significativo para aqueles que nunca se aventuraram no mundo do exercício.

ANÚNCIO

Atividade física: um escudo contra doenças crônicas

O renomado médico epidemiologista Alexandre Kalache, pioneiro no estudo do envelhecimento, enfatiza que adicionar dez a 15 minutos de atividade física regular diariamente é o suficiente para proteger contra diversas formas de câncer, doenças cardiovasculares e combater a obesidade. Essa prática simples pode ser acumulativa, permitindo pequenas mudanças nos hábitos diários, como optar pela escada em vez do elevador, resultando em melhorias significativas na saúde e qualidade de vida.

Atividade física: o poder da rotina

O diretor técnico do Grupo Bodytech, Eduardo Netto, destaca que a chave para prolongar a vida não está necessariamente em passar horas na academia, mas sim em usar o corpo de maneira consistente. Atividades cotidianas, como passear com o cachorro, cuidar das crianças ou até mesmo abandonar o controle remoto da televisão, podem contribuir para uma vida mais longa e saudável.

Atividade física vs. comportamento sedentário

10 minutos exercícios físicos
10 minutos exercícios físicos

Contrariando a ideia de que exercícios diários garantem automaticamente um bom condicionamento físico, um estudo da Universidade de Texas revela que pessoas que se exercitam regularmente, mas mantêm um comportamento sedentário, podem apresentar resistência à melhoria do condicionamento físico. Eduardo Netto reforça a importância de utilizar o corpo em atividades cotidianas para aumentar a longevidade.

LEIA TAMBÉM: Pilates na parede: o que são e por que você deveria fazer para tonificar seu corpo?

Rompendo com o sedentarismo moderno

Eduardo Netto sugere que a modernidade e a entrada da tecnologia em nossas vidas contribuíram para a crescente ociosidade. Hábitos simples, como assistir televisão sentado no chão, podem fazer uma diferença significativa. Ele ressalta que o desconforto pode ser um impulso para movimentação, destacando que nossos ancestrais sempre estiveram envolvidos em atividades físicas intensas, ao contrário do estilo de vida sedentário atual.

Em resumo, Alexandre Kalache oferece um mantra claro: “Você quer viver bem aos 100? Comece já. Quanto mais cedo, melhor. Nunca é tarde demais.” A mensagem é clara - pequenas mudanças diárias na rotina podem ser a chave para uma vida mais longa e saudável, independentemente da idade.

ANÚNCIO

Fonte: O Globo

LEIA TAMBÉM: Benefícios do Azeite: além do sabor, uma jornada pela saúde

ANÚNCIO

Recomendado:

Tags


Últimas Notícias