Esporte

A rádio espanhola, Guerrero diz que quer voltar a atuar na Europa

Ainda sem renovar seu contrato com o Corinthians, o atacante Paolo Guerrero pretende voltar a atuar na Europa – ele chegou ao Bayern de Munique em 2002, depois foi para o Hamburgo e acabou deixando a Alemanha em 2012, para defender o Timão. Em entrevista à rádio espanhola “Cadena Cope” o próprio jogador deixou clara a sua intenção de retornar ao Velho Continente.

“Quero voltar para a Europa. Minha intenção era disputar o Mundial de Clubes (de 2012, quando foi campeão com o Timão), ser campeão e retornar à Europa. Vieram algumas ofertas, mas o Corinthians fechou as portas para todas elas”, disse Guerrero à “Cadena Cope”.

Com contrato até julho, o atacante peruano afirmou na entrevista que está “tranquilo, estudando todas as situações que estão aparecendo”. Caso volte à Europa, aliás, ele garante não ter preferência por um país específico.

Apesar da indefinição quanto ao seu futuro, Guerrero se disse muito concentrado neste início de temporada do Corinthians, quando o time terá o desafio de passar pela Pré-Libertadores.

Os números não são oficiais, porém, consta que o Corinthians teria oferecido cerca de R$ 13 milhões para o jogador de 30 anos renovar seu contrato e mais um salário mensal em torno de R$ 500 mil. O atleta, no entanto, teria batido o pé em R$ 15 milhões.

Corinthians vê renovação próxima

Da parte do Timão, o diretor de futebol do clube, Ronaldo Ximenes, declarou nessa terça-feira, em entrevista à Rádio Bandeirantes, que tanto o Corinthians quanto o jogador desejam a renovação do contrato.

“A possibilidade continua muito grande. O Guerrero quer ficar e nós queremos que ele fique. O primeiro passo foi dado, que é a vontade mútua das partes e agora precisamos chegar a um número que seja bom para o Corinthians e para ele. Nós não vamos pagar mais do que o Corinthians pode”, concluiu.

Neto não acredita que entrevista seja de Guerrero:

Elias garante bons jogos na pré-Libertadores

O volante Elias garantiu que o Corinthians fará dois grandes jogos na pré-Libertadores, o que, se acontecer, garantirá a equipe na fase de grupos da Libertadores da América. Durante entrevista coletiva nesta quarta-feira, o atleta lembrou do jogo que o Corinthians perdeu para o Tolima, em 2011, nesta mesma fase da competição, e que impediu que a equipe paulista avançasse no torneio.

“Foi doloroso. Eu ainda me sentia parte da equipe, tinha acabado de sair, sempre mantive o contato com o pessoal daqui. Conversando com alguns remanescentes daquela época, conclui que a equipe estava perdendo a confiança, tecnicamente não era a mesma que começou 2010. Este ano é diferente, a equipe está evoluindo, vem numa crescente do ano passado. Agora, com novo treinador e nova filosofia, estamos com mais confiança, jogando mais. Claro que a fase é a mesma, é eliminatória, a mesma cobrança. Mas o torcedor pode ficar tranquilo porque faremos dois grandes jogos” disse o volante.

Apesar da confiança que passa, Elias admite que ainda existe trabalho a ser feito para que o time esteja preparado para a temporada.

“Nenhuma equipe pode se considerar pronta para iniciar uma temporada longa, mas gente está evoluindo bem. Temos condições totais de estar 100% daqui dois ou três jogos” contou o atleta.

Além da pré-Libertadores, o timão estreia no Campeonato Paulista no próximo domingo (1), contra o Marília. Segundo o jogador, o paulista é um torneio muito importante, independente da Libertadores. Disse, ainda, que quer jogar a maioria das partidas e que dará o seu melhor para sair campeão.

São Paulo e Palmeiras são adversários diretos na disputa pelo título do Paulistão. A respeito do interesse corinthiano em João Paulo, destaque do tricolor na Copinha, Elias acha válido tentar tirar bons jogadores do rival e enfraquecê-lo. Sobre o Palmeiras, o jogador não acha que o time está enfraquecido com a grande quantidade de mudança no elenco.

“Acho que montaram uma bela equipe, foi a que mais contratou, e contratou bem. Vai ser um rival a altura para disputar o título”, refletiu o corinthiano.

A seleção brasileira também foi lembrada durante a entrevista, e o jogador espera que seu esforço seja suficiente para ser convocado novamente.

Elias foi questionado sobre o suposto interesse do Corinthians no jogador Vágner Love e disse que o clube ainda não se manifestou.

O equipe joga contra o Once Caldas, pela pré-Libertadores, nos dias 04 e 11 de fevereiro.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos