Esporte

No Maranhão, Palmeiras tenta aliviar a pressão na Copa do Brasil

Gilson Kleina teve demissão pedida por conselheiros | Cesar Greco/Fotoarena/Folhapress
Gilson Kleina teve demissão pedida por conselheiros | Cesar Greco/Fotoarena/Folhapress

O momento do Palmeiras não é bom. Após perder de virada para o Flamengo, domingo, por 4 a 2, pelo Campeonato Brasileiro, o Verdão quase demitiu o técnico Gilson Kleina. Para salvar o emprego e dar fôlego ao time, uma vitória sobre o Sampaio Corrêa-MA, nesta quarta-feira, em São Luís, é fundamental.

Não apenas para “virar o disco”, já que o duelo é válido pela segunda fase Copa do Brasil. Mas também para dar confiança à equipe, que não terá o goleiro e capitão Fernando Prass – que quebrou o cotovelo direito – e o meia Valdivia, poupado.

O provável time que Kleina mandará a campo é: Bruno (Fábio); Wendel, Lúcio, Marcelo Oliveira e Juninho; Josimar, Wesley, Serginho e Mendieta; Leandro e Henrique.

Chegando
O meia Bernardo, do Vasco, está próximo do Verdão. Ele deve ser emprestado até o fim do ano.  

Captura de Tela 2014-05-06 às 19.25.50

 

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos