Entretenimento

O ator de Zoey 101 da Nickelodeon que também revelou ter sofrido abuso sexual

Após a estreia do documentário ‘Quiet on Set’, muitas estrelas das séries do canal nos anos 2000 estão sob os holofotes

Matthew Underwood en 'Zoey 101' y en la actualidad

O impactante documentário Quiet on Set, que revelava os abusos sofridos por alguns atores da Nickelodeon, tem gerado muita discussão desde a sua estreia há quase um mês, e agora outro astro querido do canal revelou que também foi vítima de abuso sexual no passado.

Trata-se de Matthew Underwood, reconhecido por seu papel no sucesso da Nickelodeon dos anos 2000, Zoey 101, onde também trabalharam Jamie Lynn Spears, Sean Flynn, Victoria Justice e Erin Sanders. A série de comédia juvenil foi criada por Dan Schneider, e ele interpretou Logan Reese, um adolescente atraente e milionário.

O que Matthew Underwood contou sobre seu passado difícil

Após a estreia do documentário, muitos internautas pressionaram vários dos atores que protagonizaram séries como Drake & Josh, iCarly e Zoey 101, a falar sobre o assunto, e esse foi o caso de Underwood.

Recomendados

"Quando eu tinha 12 anos, fui abusado sexualmente pelo padrasto do meu melhor amigo", confessou o ator que agora tem 33 anos. "Perdi os melhores amigos que já tive porque não conseguia passar mais tempo com eles sem sentir repulsa e traição pessoal provocadas por um homem em quem confiei como pai".

Matthew acrescentou: "Quando eu tinha 19 anos, fui assediado sexualmente e depois agredido pelo meu agente na época, que havia passado um tempo decente construindo confiança comigo como amigo e mentor", continuou. "Minha confiança foi traída e minha imagem foi esmagada. Eu o denunciei para a agência e desde então ele foi demitido, embora ainda esteja ativo na indústria. Essa experiência provocou minha saída de Los Angeles e encerrou minha busca pela atuação".

Em declarações ao The Hollywood Reporter, Underwood contou que uma vez teve a oportunidade de ver o documentário, "pude ver a dor nos olhos de algumas pessoas e me fez sentir muito arrependido. Gostaria de poder voltar, especialmente para aqueles primeiros anos da minha carreira, e contribuir com o crescimento e a experiência que tenho agora".

Underwood entendeu que “muitos dos meus amigos no negócio estão sendo igualmente pressionados se não se juntarem ao coro”, concluiu.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos