Entretenimento

Charles reaparece e especialista em linguagem corporal revela detalhe chave no sorriso do rei

Apesar de estar em pleno tratamento contra o câncer, o monarca britânico marcou presença na Missa da Páscoa

Carlos reaparece y experto en lenguaje corporal revela detalle clave en la sonrisa del rey

A aguardada aparição pública do rei Charles III gerava muita expectativa após várias semanas de compromissos oficiais adiados devido ao tratamento contra o câncer diagnosticado anteriormente. Recentemente, foi confirmado que o monarca estaria presente na missa de Páscoa na Capela de St George, no Castelo de Windsor, um passo significativo que ele deu e que é muito importante para sua recuperação.

O rei Charles III reaparece na missa de Domingo de Páscoa na Capela de St George

É uma tradição muito importante dentro da família real britânica, mas desta vez foi marcada pela ausência dos príncipes de Gales, William e Kate, e seus três filhos. No entanto, os duques de Edimburgo e seu filho James estiveram presentes. Uma reunião religiosa onde o monarca se mostrava muito sorridente e atento aos cidadãos que queriam cumprimentá-lo, deixando que sua linguagem corporal falasse por ele.

Assim, neste Domingo de Páscoa, Charles III sabia que todos os holofotes estariam voltados para ele e para seu retorno à vida pública após quase dois meses afastado. Por isso, com seus gestos, ele também queria apoiar a mensagem de tranquilidade e estabilidade que ele comunicou ao anunciar sua terrível doença. Isso é confirmado por Judi James, especialista em linguagem corporal, que conversou com o veículo ‘The Fabulous’ sobre o filho da rainha Elizabeth II e sua mensagem de ‘tranquilizar o povo’.

Recomendados

Uma especialista em linguagem corporal analisa os gestos do monarca britânico após quase dois meses sem compromissos reais

A especialista no referido meio revela: “Ele utiliza gestos-chave e rituais de linguagem corporal para acalmar uma nação que tem estado preocupada com sua saúde”. Ela acrescenta o simbolismo de seus movimentos em sua visita a Windsor. “Primeiro está o seu sorriso. Não há nenhuma contração ou careta que possa sugerir um esforço para produzi-lo”, afirma sobre sua gestualidade natural.”

Além disso, também acrescenta que, desde o momento em que o rei sai do veículo, ele o faz com muita firmeza. “Sua boca se abre em um sorriso radiante e coerente”. “Suas bochechas estão levantadas e arredondadas, apesar de seu rosto estar um pouco menos cheio e as rugas ao lado de sua boca e em suas bochechas produzem o efeito de ‘coroa’ que indica um humor genuinamente bom”, concluiu.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos