Entretenimento

Marvel demite Jonathan Majors depois de ser declarado culpado de assédio

De acordo com informações da ‘Variety’, a Marvel Studios encerrou oficialmente o contrato de Jonathan Majors, que interpretou o famoso vilão Kang

Jonathan Majors

Crônica de uma demissão anunciada. Após o veredicto de segunda-feira, 18, contra o ator Jonathan Majors, Marvel Studios decidiu dispensar seus serviços.

Como relatado, Majors foi preso em 25 de março por acusações de agressão e assédio, após sua ex-parceira Grace Jabbari acusá-lo de agredi-la no banco de trás de um carro particular depois que ela pegou seu telefone para ler uma mensagem de texto que ele havia recebido de outra mulher.

Jabbari alegou que Majors arrancou o telefone dela à força, causando uma lesão dolorosa em seu dedo médio direito, além de lesões na orelha direita.

Agora, de acordo com informações da ‘Variety’, a Marvel Studios oficialmente encerrou o contrato de Jonathan Majors, que interpretou o famoso vilão Kang, O Conquistador, que estava sendo preparado para ser o antagonista central da saga Multiverso do Universo Cinematográfico da Marvel.

Majors foi declarado culpado de dois crimes

Sabia-se que os executivos da Marvel estavam aguardando o resultado do seu julgamento, que durou alguns dias, mas que, assim que o veredito foi conhecido, tomou uma atitude. Majors foi declarado culpado em 18 de dezembro de dois crimes menores de assédio e agressão contra Jabbari. No veredicto, Majors também foi declarado inocente de uma acusação de agressão intencional em terceiro grau e uma acusação de assédio agravado em segundo grau. O ator de 34 anos sempre negou ter agredido Jabbari e sua equipe jurídica alegou que ela foi a agressora ao tirar-lhe o telefone.

No entanto, durante o julgamento que durou quase duas semanas, o Ministério Público do Distrito de Manhattan divulgou uma série de mensagens de texto perturbadoras entre Majors e Jabbari, bem como uma gravação de áudio que foi usada como prova, incluindo mensagens em que Majors aparentemente tentava persuadir Jabbari a não ir ao hospital após um ferimento na cabeça e uma mensagem em que Majors ameaçava suicidar-se.

Na gravação de áudio, Majors diz a Jabbari que ele precisa agir como Corretta Scott King e Michelle Obama, porque ele é "um grande homem" que está "fazendo coisas grandes, não só por mim, mas pela minha cultura e pelo mundo".

O futuro do seu personagem no UCM está agora incerto, embora já tenha havido rumores de que, após esse escândalo e com o fracasso das últimas produções da Marvel, está sendo planejado um descarte completo da trama da saga do Multiverso.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos